• Leonardo Andrade

Fenômeno de Raynaud

Atualizado: há 4 dias


Fênomeno de Raynaud

O Fenomeno de Raynaud foi descrito pela primeira vez em 1862 pelo médico francês Maurice Raynaud. Caracteriza-se pela ocorrência de vasoespasmo intermitente em pequenas artérias, causando isquemia intermitente e subsequente vasodilatação reflexa. A isquemia se manifesta como palidez (branco) seguida de desoxigenação que resulta em cianose (roxo) , com consequente vasodilatação reflexa e reperfusão, ocasionando eritema(vermelho). As alterações episódicas de cor ocorrem de forma sequencial (palidez, cianose, rubor) em extremidades, com duração de alguns minutos a horas, geralmente desencadeadas pelo frio e/ou estresse vascular. O FR primário ocorre sozinho, sem doenças concomitantes, geralmente é benigno e tem prognóstico favorável. O FR secundário ocorre em uma variedade de doenças com progressão e prognóstico muito variáveis.

.

Caso note algum sintoma um angiologista ou cirurgião vascular deve ser consultado.

.

Após um exame físico cuidadoso e excluídas outras doenças associadas como esclerodermia, lupus, artrites o angiologista pode orientar cuidados para minimizar os sintomas e evitar complicações

.

Nos dias de frio os principais cuidados são proteger as extremidades com luvas e meias de lã, evitar contato com água e locais gelados como pegar algo na geladeira.

1 visualização
  • Twitter Escleroterapia
  • Instagram Cirurgia Vascular
  • Facebook Varizes a Laser

Av. Sete de Setembro, 4615 14º andar - Curitiba, PR 

(41) 3532-6710