O que são os vasinhos, varicoses?

As telangectasias ou varicoses são veias superficiais muito finas que se tornaram dilatadas e por isso visíveis. A pré-disposição genética é a principal causa, mas também a presença de varizes internas ( as chamadas veias nutridoras), assim com uso de hormônios e a gestação estão nas causas do seu aparecimento.

Ao surgirem, pode haver um desconforto ou queimação local, mas os vasinhos não evoluem para varizes, nem causam sintomas piores como flebite, trombose ou feridas.

Frequentemente incomodam esteticamente, principalmente nas mulheres de pele mais clara e geram dúvidas sobre a sua gravidade e necessidade de tratamento.

Qual é a gravidade das varicoses?

Os vasinhos não são graves. O pior incômodo é mesmo estético, pois tendem a aumentar em número e área acometidos. Muitas pacientes se privam de convívio social por vergonha e isso também o torna um problema psicológico.

É comum a piora ou o surgimento na gestação, assim como em mulheres que ficam muito tempo de pé.

É importante sempre saber que não viram varizes e nem causam trombose e, em alguns pacientes, estão presentes juntamente com as varizes, e é por isso que uma avaliação por um cirurgião vascular é sempre importante.

O médico especialista irá diagnosticar se há algum problema mais sério que precisa ser investigado e tratado. Também irá indicar um tratamento completo com bom resultado para evitar o retorno do problema.

Como é o tratamento de varicoses?

Cada caso deve ser visto de forma única e individual. De acordo com o local e intensidade é feito um plano de tratamento.

A escleroterapia ou aplicação é realizada nos vasos pequenos das pernas e nela diversos produtos podem ser utilizados conforme o plano terapêutico traçado e também a quantidade, tipo de pele e localização.

No dia da aplicação oriento não passar creme nas pernas e vir com uma roupa leve e folgada. Cada sessão dura entre 20-30 minutos e é realizada na sala de procedimentos do próprio consultório. As pequenas injeções são feitas em cada vaso e por isso uma agulha bem fina é utilizada.

Não há necessidade de repouso nem de enfaixar a perna após a sessão. Oriento evitar a prática de atividade física no mesmo dia, e a exposição ao sol caso perceba algum hematoma ou marca das injeções que tendem a desaperecer em 5- 7 dias.

Em cada ponto de injeção é colocado um curativo, o qual permanece por 2-3h. Após esse período pode retirar os curativos, tomar banho e passar creme normalmente.

Geralmente mais de uma sessão é necessária para o resultado ideal e a cada sessão percebe-se a melhora da aparência com desaparecimento ou clareamento dos vasinhos.

Em alguns casos há a necessidade de tratar as chamadas veias nutridoras ou reticulares. Para elas lança-se mão de outras técnicas como a crio-escleroterapia ou espuma além da micro cirurgia para alguns casos.

A simples injeção nos vasinhos deixando nutridoras para trás é a principal causa de insucesso nas aplicações. Casos em que as pacientes se queixam de um resultado ruim ou volta precoce das varicoses.

Considerando os fatores de risco, temos que sempre manter um cuidado e avaliação, preferencialmente anual, para evitar que novos vasinhos se acumulem com retorno do aspecto desagradável que deixam nas pernas.

​Últimas postagens

Av. Sete de Setembro, 4615 14º andar - Curitiba, PR 

  • Twitter Escleroterapia
  • Instagram Cirurgia Vascular
  • Facebook Varizes a Laser

(41) 3532-6710